por Jayme Silva

Grupo Escolar Cônego João Pio

Com quase um século, o Grupo Escolar Cônego João Pio é parte integrante do patrimônio histórico e cultural de São Domingos do Prata. Além d...

sábado, 16 de fevereiro de 2013

Raio nunca cai duas vezes no mesmo lugar?

Prá quem acha que o raio nunca cai duas vezes no mesmo lugar, segue abaixo um esclarecimento interessante sobre as descargas elétricas durante os períodos chuvosos e um vídeo curioso, que vai ajudar desmistificar esta expressão popular.
 
Saudações!
Serginho Rocha
 
`` A chance dos raios atingirem duas vezes o mesmo lugar ao acaso é pequena, mas existe. Segundo Sílvio Dahmen, professor de Física da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, é apenas uma questão de probabilidade. Como há vários locais onde os raios podem atingir, e isso depende de condições atmosféricas ideais, é muito pouco provável que dois raios sejam observados atingindo um mesmo local.
Dahmen explica que os raios são descargas de eletricidade atmosférica: "Da mesma maneira que, ao esfregarmos nossos pés num carpete, geramos eletricidade estática e depois a descarregamos ao tocar num objeto metálico, gotículas de gelo ou água ficam eletricamente carregadas pela convecção na atmosfera - ou seja, pelo movimento ascendente de ar mais quente e descendente de ar mais frio.
Quando uma nuvem eletricamente carregada passa sobre a Terra, ela induz cargas de sinal contrário na superfície. Se a diferença de potencial entre a nuvem e o solo for grande o suficiente, há uma ionização- íons são átomos ou moléculas eletricamente carregadas - do ar próximo à nuvem. Este canal iônico, à medida que cresce, pode fazer contato com o solo, criando uma espécie de fio pelo qual a nuvem pode descarregar: um raio". Mais sujeitas a correntes de convecção, as regiões tropicais registram a maior incidência de raios, diz o professor.
Objetos pontiagudos como pára-raios, árvores ou até mesmo pessoas, caso estejam em local aberto e descampado, podem atrair descargas elétricas. A explicação é que a ionização é mais forte nas pontas- onde os campos elétricos são mais intensos. Por isso é recomendável não ficar em pé, durante tempestades com raios, em praias e áreas descampadas. ``

http://www.youtube.com/watch?v=fgY2L8fVnUA

2 comentários:

  1. Esta citação - um raio não cai duas vezes no mesmo lugar, é um fato, ainda que não seja algo corriqueiro.
    Tanto do ponto de vista de fenômeno da natureza, ou usado como expressão metafórica, observamos isto acontecer na nossa vida e na de muita gente.
    Agora este cara do vídeo é muito azarado, duas vezes, uma atrás da outra; e o mais espantoso é que ele sobreviveu e ainda saiu andando.
    Super interessante.
    Um grande abraço pra você, Serginho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Maria Célia!

      É isso mesmo!!!

      abs
      Serginho Rocha

      Excluir