por Jayme Silva

Grupo Escolar Cônego João Pio

Com quase um século, o Grupo Escolar Cônego João Pio é parte integrante do patrimônio histórico e cultural de São Domingos do Prata. Além d...

sábado, 7 de fevereiro de 2009

O blog - "Ilhéus do Prata"

Construir um blog é sem dúvida, uma forma fácil e organizada de comunicar. Através desta ferramental virtual é possível expor ideias, sentimentos, divulgar fotos, evidenciar fatos, entre outras infinidades de comunicação. É também um exercício prazeroso, principalmente, quando se refere a temas interessantes e envolventes, que promove discussões saudáveis e conclusões coerentes.
Este blog tem o objetivo de resgatar um pouco da história de Ilhéus do Prata. Aos poucos vamos redescobrir e dar visibilidade aos valores vivos desta terra e seu povo com mais de 100 anos de existência. Aqui poderemos interagir, sugerir e participar de forma construtiva, para reafirmar nosso compromisso com o futuro e com nossa história.

Não podemos esquecer a oportunidade de abordarmos assuntos polêmicos, como a conscientização ambiental e também, identificarmos melhorias necessárias na região para promover continuamente a qualidade de vida das pessoas que ali, constrói suas famílias e contribui, modestamente, para o crescimento do município.

Até breve!!
Serginho Rocha
P.S.: foto de 1987 - arquivo pessoal

83 comentários:

  1. Oi Serginho
    Quantos habitantes tem Ilhéus do Prata? Qual a distância até São D. do Prata? Existem escolas?
    Posto de saúde, ônibus? Qual é o meio de subsistência dos moradores?
    Desculpe tantas perguntas, mais realmente eu me interesso muito pelo modo de vida das pessoas, mesmo sem ter nenhuma ligação afetiva com elas ou com o local.
    Abraços!
    Maria Célia

    ResponderExcluir
  2. Não sei precisar o nº de habitantes em todo distrito. Vou pesquisar e divulgar prá frente. Atualmente no distrito são dois grupos escolares; tem linha regular de ônibus; Posto de Saúde e a Vila de Ilhéus está a uma distancia de aproximadamente 38 km de São Domingos do Prata. A economia é produção de leite e agricultura.

    Ats.
    Serginho

    ResponderExcluir
  3. cara minha vó mora em ilheus do prata!!!!!!!!ja fui la e respondendo as perguntas da maria celia: 2:a distancia e de 22quilometros 3:sim existem escolas 4:ha posto de saude e onibus. 5:trabalham em sitios cuidando de animais e plantaçao (raramente alguem trabalha fora)pois a cidade e muito isolada.a cidade e ideal para quem quer tirar ferias de cidade e alem de ser muito calma ha la um ribeirao onde onde os moradores costumam pescar tilapias e bagres pequenos.visitem ilheus do prata!!!conheçam o campo!

    ResponderExcluir
  4. Vitor, eu já conheço Ilhéus do Prata, estive lá ano passado. Pra quem gosta de sossego lá é o local indicado. Obrigada pelas respostas.

    ResponderExcluir
  5. Amo Ilhéus e para quem gosta de cavalgadas la é o lugar, mta gente bonita e o pessoal é bem hospitaleiro.Vale a pena conferir, uma delícia d elugar....

    ResponderExcluir
  6. Nossa Serginho amei este blog, é uma ótima oportunidde de matar a saudade de um lugar q tanto amo.Parabéns pela iniciativa e mto obrigada por resgatar uma historia tão boa de se ouvir...Abraços

    ResponderExcluir
  7. Show de bola Serginho, parabéns pela iniciativa, abços...

    ResponderExcluir
  8. Obrigado Márcia e Dinho. Fico feliz que gostaram. Aos poucos vamos condensar muitas informações/fotos interessantes. Conto com ajuda de vocês na divulgação e sugestões.

    Abraços!!!
    Serginho

    ResponderExcluir
  9. Ola, em breve teremos novidades para postar no blog, esta se aproximando a cavalgada de ilheus, momento de descontração e de reencontros, ate la.Bjos...

    ResponderExcluir
  10. Olá Serginho! Que trabalho bom vc está realizando, fazendo matar a saudade da nossa terra tão querida que é Ilhéus do prata, as vezes tenho vontade de voltar a ser criança, que saudades...quantas coisas boas para se lembrar, tia Dalíla, Tia Nenem, Jáci, Dona Zita, Vó Gininha, Tio Quiquito, tio Dudu, Sr Raimundo Ducarmo, Sr Raimundo Cotta, belos tempos, belos dias...!

    ResponderExcluir
  11. É verdade, sinto saudades de tia Dalila, tia Nenem, tia Dorinha,Celso sempre dando notícias a todos, mas sempre que posso vou até lá ver vô Lotinha.Beijim

    ResponderExcluir
  12. Olá amigos e primos!!!
    Quem tiver notícias/fotos da cavalgada que aconteceu no dia 05/07/09, e queiram divulgar no blog,gentileza enviar-me.
    Infelizmente, não pude ir!!!

    E_mail: sergioromerocr2@yahoo.com.br

    Abraços!

    ResponderExcluir
  13. OLA SERGIO SOU DE CONTAGEM MG MOSTROU VARIAA FOTOS DA CIDADES MAS NAO MOSTROU AS FOOTOS DA CAVALGADA,GOSTARIA MUITO DE CONHECER E SE POSSIVEL IM DIA PARTICIPAR DE UMA,GOSTARIA DE LOCALIZAR U AMIGO PODE ME AJUDAR?AGRADEÇO DESDE JA,E PARABENS PELO SEU TRABALHO,ABRAÇOS ISABELA POR FAVOR ENTRE EM CONTATO COMIGO (031)9743-3726

    ResponderExcluir
  14. OI SERGIO ME DESCULPE ACABEI DE LER QUE NAO PODE IR A CAVALGADA.O NOME DA PESSOA E ROBSON,IRMAO DE TANIA,BETINHO,CELIA...O NOME SEUS PAIS SAO SR JUCA E A MAE E MAIS OU MENOS ASSIM LIBEULIA.UM ABRAÇO ISABELA

    ResponderExcluir
  15. oi serginho, fotos da cavalgada de 2009 vc pode entrar no nosso blog de ilhéus do prata e pegar à vontade:

    ResponderExcluir
  16. Serginho venho por meio deste fazer um comunicado ao Anônimo, conheço e sou amiga do Robson o qual ele procura, caso queira os contatos dele me envie um email que passo algumas informções.marciaparecidafer@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  17. Parabéns pelo blog , Ilheus é sinônimo de gente boa e de vida saudavél. Ver essas fotos me traz otímas recordações. Eu sempre que posso marco presença nesse paraiso chamado Ilheus do prata e mato saudade de meus pais e tios que residem lá.

    ResponderExcluir
  18. Gostei do Blog, apesar de morar na Europa sempre me lembro das origens, minha avó da familia Araujo e meu avô da familia Frade sao dessa regiao, visitei Ilheus uma vez mas quero voltar algum dia com minha filha. E quem sabe encontrar parentes que nao conheço.
    Klaudia Frade

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá klaudia Frade, veja meu post, podemos ser parentes kkk

      Olá Sérgio, Meu nome é Filipe Campos, sou advogado em BH, não me conhece, mas a pouco tempo comecei a pesquisar a respeito dos familiares da minha mãe, descobri que todos vieram de Ilhéus do Prata. O mais distante que localizei foi José Caetano Frade que nasceu em 1852, casou-se com Maria dos Anjos de Jesus que nasceu em 1856 --> tiveram o filho Ernesto Caetano Frade que nasceu em 1878, por sua vez casou-se com Rita Maria de Jesus nascida em 1883, filha de Joaquim da Silva Correa (1858) e Anna Izabel da Silva (1864). Do casamento de Ernesto e Rita, 5 filhos nasceram dentre eles Maria dos Anjos de Jesus 1913-1946, por sua vez causou-se com Jose Theodoro Andrade (1910), dentre os filhos tiveram minha vó Maria da Penha de Jesus, após casou-se com Jose Raimundo Bento e passou a se chamar Maria da Penha Bento e tiveram dentre os filhos minha mãe Zélia Maria Bento, que após se casar chama-se Zélia Maria Campos. Tirando minha mãe todos são nascidos de Ilhéus do Prata pelo que consta o site de busca Family Search, muito bom compartilhar isto com você. Seu blog é muito rico de informações, parabéns! Ainda busco informações sobre imigração dos meus antepassados, desde criança ouvi histórias que seriam descendentes de alemães e italianos. Por acaso saberia me informar como consigo estas informações? obrigado e até mais.
      Filipe Campos 31 8434-6842 filipepereiracampos@hotmail.com

      Excluir
  19. Dr. Sérgio,

    Procurei Ilhéus do Prata pelo Google Earth.
    No local aparece apenas um morro sem nenhuma casa e mais nada.
    Cadê a Rua do Pindurico, a casa do Querosene e a do Dico Manda Brasa?
    Isso é conspiração de americano contra o povo de lá?
    Tão de sacanagem...

    Jones

    ResponderExcluir
  20. Caro Jones, o que tem de bom lá, não é possível ser extraído pelo Google Earth.

    Serginho

    ResponderExcluir
  21. Serginho,

    Não conta prá ninguém!
    Eu tô procurando as fazendas de Ilhéus do Prata pelo Google Earth apenas para localizar, sem errar, onde moram as bonitas filhas solteiras dos fazendeiros do lugar.

    Jones

    ResponderExcluir
  22. Olá Jones! Você ta no caminho errado. Se for à cavalgada, evento que acontece todos os anos, encontrará muita moça bonita. A próxima será julho de 2011.

    Saudações!
    Serginho

    ResponderExcluir
  23. Serginho,

    Postei alguns comentários para mostrar a minha admiração pelo belo lugar focado no seu blog e, apesar de reconhecer que é a energia de saudáveis controvérsias que enriquecem qualquer discussão e gera conhecimentos, neste post, só quero elogiar a sua singela e apaixonada homenagem ao povo de Ilhéus do Prata, respeitando o “meu pai que ensinou que falar mal dos outros pela frente é falta de educação”.
    Eu fiquei sabendo dessa cavalgada quando vieram alugar o avião agrícola do caseiro do meu sítio só pra salgar o churrasco que será servido durante a festa.
    Fui...

    ResponderExcluir
  24. parabens serginho! pelo seu blog,este lugar tao maravilhoso nao poderia ficar escondido do mundo.
    pois quando sinto saudade entro no seu blog vejo as casinhas de lheus as fotos das calvaugadas.
    em fim td de bom que tem nesse lugar tao belo.
    um abraço a vc e a todos da regiao de lheus a todos da regiao... de pedro martins...
    martinsfeliz@hotmail.com

    ResponderExcluir
  25. Oi Serginho
    Seu blog fez 2 anos em fevereiro e você deixou passar em branco?
    Nem um postezinho de comemoração.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  26. Serginho,você não acha que faltou a casa de Alice?
    Bateu uma saudade...
    Adorei tudo.
    Adivinha quem sou.

    ResponderExcluir
  27. Será a própria Alice?
    Saudações!
    Serginho

    P.S.:Vou postar a foto da casa da Alice que merece uma página especial. Era lá que os poetas e os amantes da música se encontravam.

    ResponderExcluir
  28. A antiga casa de Luis Cota já não existe mais.Foi demolida.

    ResponderExcluir
  29. Obrigado pelo registro!
    Ainda bem que temos a foto da casa neste blog, para relembrarmos um pouco da nossa historia.
    Era uma casa original de padrão arquitetônico do inicio do século passado. Abrigou e acolheu com carinho muitas pessoas e amigos da nossa querida terra. Ela faz parte de uma época marcante e, portanto, jamais será demolida da nossa memória.

    O blog de Ilhéus aos poucos vai se transformar também, num museu virtual.
    Saudações! Serginho.

    ResponderExcluir
  30. olá.....conheço muito ilheus....meus avós e primos moram lá....sou neta do levi martins e elza....eles moram lá no ""pindurico""""e minha avó dona inhá tem uma casinha em frente ao bar do zé clarim mas ela mora em belo horizonte...junto comigo e meus pais!!!!eu ia muito lá...mas agora o trabalho não deixa.....queria muito ter ido na cavalgada desse ano,mas não deu....já tem algumas fotos para eu ver o que perdir?????

    ResponderExcluir
  31. o blog ta muito bom,mas acho que está faltando alguns lugares....tenho tios que moram depois do capoeirão....e minha avó já morou lá na chamada estrada nova que está bem pra lá do capoeirão...não tem nada falando de lá....que pena

    ResponderExcluir
  32. Legal! qual é o nome de sua avó e o seu?

    Abraços!
    Serginho.

    ResponderExcluir
  33. O meu Fabiana,e o da minha vó Elza,e vovõ Levi

    ResponderExcluir
  34. PARABENS SERGINHO .AS VEZES MATO A SAUDADES TE CRO. O BLOG.ABRACOS A VOCE E A TODOS DE ILHEUS DO PRATA. / SAO PAULO 20/09/2011.

    ResponderExcluir
  35. Muito bom seu blog, parabens!
    Estou fazendo uma pesquisa escolar sobre Ilhéus e gostaria de saber a estimativa da população; casarios típicos;
    cultura; festas tradicionais; lendas; culinária típica; e também se tem hotéis, bares, restaurantes, teatro, feiras livres e de artesanato.
    Desde já agradeço.

    ResponderExcluir
  36. oiii!!!

    gostaria de saber se alguém sabe quantos os habitantes aproximadamente tem a vila??? se tem alguma farmácia e consultório odontólogico?? procuro uma lugar para montar por favor se der me respondam quanto antes!! obrigadooo

    ResponderExcluir
  37. Vocês moradores podiam escrever na placa de entrada da cidade, pois que não conhece nunca saberá chegar ai, ela está apagada e cheia de mato em volta, praticamente abandonada...

    ResponderExcluir
  38. Tio,
    Parabens pelo seu blog.
    Ele esta muito bonito, organizado e bem escrito.
    Recordo de partes especiais da minha infancia vivida ai.
    Continue com o bom trabalho, abracos
    Arthur

    ResponderExcluir
  39. Obrigado Arthur.
    Aqui estão as nossas origens e é importante cultiva-las.

    Um abraço!
    Serginho

    ResponderExcluir
  40. Serginho,
    me emocionei ao ver seu blog.
    Ilheus é isso e muito mais......é infância,é saudade de vovô Gico e vovó Inez,D.Dalila, D. Dorinha...É terra de pessoas maravilhosas e acolhedoras.
    Parabéns e um grande abraço
    sua prima
    Rose

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rose, você e a filha de Helena. Falou do vovô Gico e Inês. Beijão procê. Anginha

      Excluir
  41. Gerginho, adorei seu blog morei na faz. Paraíso sua região e estudei aí em 1993 fui a 1ª turma de colégio, me mudei no 2º semestre de 1994, foram minhas professoras: Geralda,Consola,Socorro e outras, se as ve-las mando abraço.Já participei de cavalgadas. Hoje moro em Inhaúma fica próximo a Sete Lagoas, abraço.Célia

    ResponderExcluir
  42. Olá Célia!
    obrigado pela mensagem! continue nos visitando e deixando comentários, que são importantes para credibilidade do blog.

    Atenciosamente,
    Serginho

    ResponderExcluir
  43. Hoje é um dia muito triste para Ilhéus do Prata. Perdemos nosso querido Celso, cidadão de bem que nos agraciou com sua espontaneidade e alegria em todos os dias que passou conosco.

    "Celso, descanse em paz. Sentiremos muito sua falta."

    Rodrigo Oliveira

    ResponderExcluir
  44. Olá Rodrigo!
    Estamos sim, pesarosos e lamentamos profundamente a perda do nosso amigo.

    Apesar de ser triste, obrigado pela notícia.
    Serginho Rocha

    ResponderExcluir
  45. Oi Serginho, minha mãe tem 80 anos,chama-se Nair de Oliveira Frade nasceu em Ilhéus e seu avô foi o Major Oliveira, que segundo ela alfabetizou o povo quando aí chegou. Descendente de portugueses, colocou o nome Ilhéus do Prata em homenagem a Ilhéus de Portugal, segundo ela. Fiquei muito feliz em proporcionar a ela esse reencontro, por meio do blog e do facebook. Quero visitar esta terra e registrar minha ida com muitas fotografias lindas. Parabens pelo seu blog. Maria Angela de Freitas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Maria Angela!!!
      Que legal este comentário! É um depoimento vivo prá nossa História. Quando você e sua mãe forem a Ilhéus, nos avise, para registrarmos a visita. Não deixe de conhecer a Escola que seu bisavô fundou.

      Um abraço,
      Serginho Rocha

      Excluir
  46. ESTE LUGAR FICARÁ GUARDADO EM MEU CORAÇÃO PARA O RESTO DA VIDA, NASCI E CRESCI NESTE LUGAR... HOJE TENHO MEUS PAIS, TIOS E PRIMOS QUE AINDA MORAM LÁ.. SEMPRE QUE POSSO VOU NESTE PEDACINHO DO MUNDO QUE AMO MUITO... OBRIGADO SERGINHO POR IMORTALIZAR ILHÉUS DO PRATA NESTE BLOG....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Silvinho!
      Continue a visitar o blog e nos pretigie com seus comentários!
      Ilhéus faz parte de nossos sonhos e sonhos são imortais!!!

      abs,
      Serginho Rocha

      Excluir
  47. etudei em ilheus do prata ate a 5;serie sou filho de jose ribeiro que mora na cascata sebastiao ribeiro

    ResponderExcluir
  48. parabéns Serginho, sou filho do Ovidio e ver fotos dessa maravilha de lugar é sempre bom,morei la e se pudesse voltaria praq la novamente, bela fotos vc tem...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Edvaldo! Seu pai foi um grande exemplo de cidadania.
      Um abraço a todos vocês!
      Serginho Rocha

      Excluir
  49. Serginho você nos deu um grande presente com a criação desse blog,para pessoas que como eu tiveram o privilégio de nascer e ser criado nessa comunidade abençoada é simplesmente maravilhosa ver a nossa história imortalizada através desse blog. um forte abç..

    Jurandir Martins(filho de José Mariano)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Jurandir!
      É isso mesmo! somos privilegiados....
      Um abraço!
      Serginho Rocha

      Excluir
  50. SERGINHO ROCHA SE TIVER OPORTUNIDADE DE COLOCAR FOTOS DA CASCATA EU VOU AGRADECER MUITO SEU BLOG ESTA MARAVILHOSO DE SEBASTIAO RIBEIRO PARA SERGINHO ROCHA UM ABRAÇO.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Sebastião Ribeiro!
      Que bom você gostou do Blog. Vou providenciar as fotos da Cascata. Continue visitando o blog e sugerindo temas,fotos, etc.

      Um abraço,
      Serginho Rocha

      Excluir
  51. Serginho, acredito que não o conheço, mas você me fez voltar ao tempo. Sou neto de Nico Bastos e Teresa Bastos, afilhado de Imaculada (Tia) e tio Lau. Passei minha infância em Ilhéus, muitas saudades. Quero retornar e comprar um pedacinho deste céu.
    Parabéns!

    Giovani Bastos - Uberlândia M.G.
    giovanibastos@hotmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Giovani!
      Obrigado pelo comentário e continue nos visitando!

      Um abraço,
      Serginho Rocha

      Excluir
  52. Serginho,
    Foi emocionante rever minha terra natal através deste seu trabalho primoroso. Relembrei minha infância e matei saudades dessa terra inesquecível e de pessoas ainda mais inesquecíveis. Mande um grande abraço a seus pais, meus estimados compadres. Parabéns pelo seu blog,
    Nêmia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Dona Nêmia! Que surpresa agradável!
      O blog é parte de Ilhéus que mora em nossos corações!
      Obrigado pela mensagem!
      Serginho Rocha
      P.S.: Seus compadres estão bem!!!

      Excluir
  53. Olá, Geraldo de Dudu, e ai, cadê nossas JABUTICABEIRAS, nosso pé de "CANELA"?

    Fazem falta a muitas bocas, dos humanos e dos pássaros, a canela, além de servir como chá medicinal, é um condimento, porque destruir?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá amigo!
      Gentileza identificar-se ao fazer comentário, principalmente quando o assunto é direcionado a alguém. Faça-o no final do texto ou no cabeçalho.
      Obrigado.
      Serginho Rocha

      Excluir
  54. João Lana Rocha, 11 de fevereiro de 2013 Nasci na Fazenda do Tavares, Ilhéus do Prata. Estudei na Escola Fazenda Paraíso até o 3º ano primário com as professoras D.Maria José e D.Inês Alves. Por serem leigas me disseram que eu só podia fazer o 4º ano em São José do Goiabal. Em São Domingos do Prata ou outra cidade não (pois não tinha preparo). Chegou em Ilhéus a primeira professora formada, D.Margarida, filha de D. Gininha do Correio. Estudei com ela na 1ª turma repetindo o 3º ano, o que me deu base para fazer o 4º ano em São Domingos do Prata e tirar o diploma em 2º lugar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá João Lana! Muito interessante seu comentário. Dona Margarida foi uma grande professora que prestou valiosos serviços na área da educação, num período carente em Ilhéus do Prata. Valeu!
      Continue nos prestigiando com seus comentários e nos envie alguns casos de Ilhéus que você sabe descrever com muita propriedade.
      Um abraço!
      Serginho Rocha

      Excluir
  55. Olá, Serginho..., espero que esteja tudo bem na Vila Ilhéus do Prata, eu nasci nesse pedação de chão, são grandes e eternas as minhas recordações, a nossa infância é a parte mais bonita de nossa história, nasci no CABOCLO, um dia desses, na primeira oportunidade quero rever esse
    lugar que fez parte de minha vida, acho que ainda tenho alguns parentes por ai, por circunstancias da vida, tive que tomar meu rumo, se um dia acertar na Quina, Mega Sena, compro um pedacinho desse chão e irei viver de recordações, eu amo essa terra!
    Um abraço a todos Ilheusenses!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá amigo! Graças a Deus estamos bem!
      Como você é do CABOCLO, pode ser que eu lhe conheço. Freqüentei muito aquele lugar e fiz boas amizades ali. Não deixe de voltar por lá e, quem sabe você não realiza o sonho de adquirir um pedacinho daquele chão abençoado! Vai ser mais fácil do que ganhar na Mega Sena!

      Obrigado pelo comentário e continue visitando o blog!
      A propósito, qual o seu nome?
      Serginho Rocha.

      Excluir
  56. OLÁ SÉRGIO!

    SOU PARENTE DO ZÉ JUQUINHA, HÁ MUITOS ANOS FUI AI, AINDA ERA UMA FEDELHA, QUERO VOLTAR PARA MATAR AS
    SAUDADES, DIZEM QUE AS CAVALGADAS DAI SÃO AS MELHORES DA REGIÃO, QUEM SABE DA PRÓXIMA, MORO EM BH, MAS NUNCA ME ESQUECI QUE DAS MINHAS ORIGENS, E ESSE LUGAR É UM PARAÍSO! BJS!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Conheço muito Zé Juquinha e seus filhos. Não deixe de voltar em Ilhéus! Além das cavalgadas, tem muita coisa boa prá ver e vivenciar!

      Abraços!
      Serginho Rocha

      Excluir
  57. Olá, Serginho!

    Conheci esse blog há muito pouco tempo, há pessoas que fizeram parte desse vilarejo, hoje estou na faixa etária de 60 anos, mas nunca vi figuras mais importantes nessa terra que as lavadeiras de roupas, lembro-me de FÉ, da senhora ANGELINA de João Fagundes, da MARIA de Joaquim Delfino, ali bem no bicão, depois mais tarde na MINA, onde ficava a localidade do Sr. Raimundo Peixoto, essas lavadeiras sim, além de me causar saudades e orgulho, me fazem lembrar o quanto eram exploradas, como é a vida...elas merecem todo nosso respeito, e os as exploravam, devem sentir vergonha, era um verdadeiro trabalho escravo, a troco de esmolas!

    É ISSO AI, lembranças são lembranças!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É isso mesmo! As lavadeiras prestaram grandes serviços na comunidade de Ilhéus. E todas elas merecem nosso respeito e consideração. Mesmo com as dificuldades da época, elas criaram suas famílias com dignidade e exemplo.

      Qual seu nome?
      Saudações!
      Serginho Rocha.

      Excluir
  58. Nasci em Ilhéus porem não recordo dos poucos anos que morei lá mas foram muitas ferias escolar que passei lá,minha infância e parte de minha juventude tem forte ligação com este lugar,conheci e tive o prazer de me relacionar com pessoas boas,muitas delas com idade bem superior a minha,vale citar alguns nomes,meus avós Zina e Ramiro Frade, meus tios e primos,Sávio e seu irmão Miguel,Serginho e primos,os anos e distancia de Ilhéus jamais apagará as lembranças de uma época que influenciou no meu desenvolvimento,agradeço a todos especialmente a Serginho pelo trabalho e carinho com nossa terrinha.

    Vanderlei(Delei)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Vanderlei!
      Um grande abraço!

      Serginho Rocha

      Excluir
  59. Canção do Exílio

    "Minha terra tem palmeiras,
    Onde canta o Sabiá;
    As aves, que aqui gorjeiam,
    Não gorjeiam como lá.

    Gonçalves Dias

    Passei toda minha infância em Ilhéus do Prata, tenho saudades, minha família era muito pobre, as coisas eram bem difíceis, mesmo assim há algumas recordações que são boas, apesar dos pesares, hoje vivo em PORTUGAL, mudei de vida radicalmente, mas, se o destino ai nessa terra não tivesse sido tão cruel, queria viver em Ilhéus até hoje, é pena, ver o lugar que nascemos e crescemos reduzir tanto o número da população, não ter mais uma escola..., esse é o sintoma do regresso, não queria que fosse assim..., um beijo a todos que ainda vivem nesta linda vila!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! qual seu nome e sua família!

      Saudações
      Serginho Rocha

      Excluir
  60. Ilhéus é mais do que uma saudade...É lembrança viva para aqueles que partiram em busca de uma vida melhor, enfrentando novos desafios, conquistando novos mundos.É a base que tornou possível essas novas conquistas.Mesmo que em alguns momentos, significou dificuldades ou até sofrimento para alguns, soube, ao mesmo tempo, ser como uma mãe que acolhe, acaricia, encoraja e prepara seu filho para enfrentar os obstáculos.É tranquilidade, paz e acolhimento para os que ainda por lá continuam ou aparecem de vez em quando para alimentar a alma. É, enfim,uma parte de todos nós.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Gegê!

      Ao ler seu comentário, me deu uma vontade imensa de ir prá lá, prá sentir a paz daquele povo acolhedor e feliz.

      Grande abraço!
      Serginho Rocha.

      Excluir
  61. Nesta vila tive a felicidade de viver os melhores anos de minha vida que correspondem ao período da minha infancia até a adolescencia.Nas primeiras viagens que eu fazia para Ilhéus,a sensação era de imensa alegria.Alegria que fazia meu coração bater mais acelerado, por poder rever meus pais, meus amigos, e as demais pessoas dessa comunidade que são uma grande familia. Mas como tudo na vida é parte de um crescimento e de transformações, a cada retorno a esta vila o sentimento ia mudando e o sorriso já não era tão evidente como antes, afinal crescimento causa dor, dor da perda de pessoas que amamos, de amigos que se distanciam, de pessoas das quais a gente acha que contaremos com elas por toda a nossa vida,e com o passar dos anos se tornam completos estranhos. Mas, aconteça o que acontecer amo demais esta comunidade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Jurandir!
      Nós saímos de Ilhéus do Prata, mas levamos conosco os valores e os exemplos das pessoas com convivemos lá.
      Obrigado! Continue deixando aqui seus comentários.

      Um abraço,
      Serginho Rocha.

      Excluir
  62. Olá Sérgio, Meu nome é Filipe Campos, sou advogado em BH, não me conhece, mas a pouco tempo comecei a pesquisar a respeito dos familiares da minha mãe, descobri que todos vieram de Ilhéus do Prata. O mais distante que localizei foi José Caetano Frade que nasceu em 1852, casou-se com Maria dos Anjos de Jesus que nasceu em 1856 --> tiveram o filho Ernesto Caetano Frade que nasceu em 1878, por sua vez casou-se com Rita Maria de Jesus nascida em 1883, filha de Joaquim da Silva Correa (1858) e Anna Izabel da Silva (1864). Do casamento de Ernesto e Rita, 5 filhos nasceram dentre eles Maria dos Anjos de Jesus 1913-1946, por sua vez causou-se com Jose Theodoro Andrade (1910), dentre os filhos tiveram minha vó Maria da Penha de Jesus, após casou-se com Jose Raimundo Bento e passou a se chamar Maria da Penha Bento e tiveram dentre os filhos minha mãe Zélia Maria Bento, que após se casar chama-se Zélia Maria Campos. Tirando minha mãe todos são nascidos de Ilhéus do Prata pelo que consta o site de busca Family Search, muito bom compartilhar isto com você. Seu blog é muito rico de informações, parabéns! Ainda busco informações sobre imigração dos meus antepassados, desde criança ouvi histórias que seriam descendentes de alemães e italianos. Por acaso saberia me informar como consigo estas informações? obrigado e até mais.
    Filipe Campos 31 8434-6842 filipepereiracampos@hotmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Filipe! A família Frade é numerosa e tradicional em Ilhéus do Prata. Nos registros histórico de políticos, consta o Tenente Coronel Antônio Rodrigues Frade, o primeiro intendente no ano de 1890/1891 e também Luiz Caetano dos Santos Frade que foi agente executivo em 1897 e vereador de 1901/1905. Possivelmente os mais antigos moradores de Ilhéus poderá nos ajudar neste assunto, ou mesmo, algum visitante do blog!!!
      Atenciosamente,
      Serginho Rocha

      Excluir
    2. Muito Obrigado! por sorte encontrei próximo a minha cidade uma senhora que nasceu em Ilhéus do Prata, por incrível que pareça minha bisavô trabalhou em sua fazenda quando tinha 12 anos, ela mora no bairro Agua Branca em Contagem. Estou tentando uma visita para o final de semana, se tiver novidades posto pra você ok. Caso consiga algo, agradeço muito! Forte Abraço. Filipe Campos

      Excluir